Homem mata mulher a facadas e escreve pedido de perdão com sangue dela

Uma mulher é vítima de violência a cada 5 horas e ao menos um feminicídio é registrado por dia no Brasil, segundo a Rede de Observatórios da Segurança, uma iniciativa que monitora a criminalidade no Brasil.

E mais uma vítima entrou para esta triste estatística em Marabá, sudeste do estado. Ela foi assassinada a facadas pelo próprio companheiro na residência do casal, no Residencial Magalhães II, Lote 15, Casa 111, no Núcleo São Félix.

Os corpos foram encontrados no início da tarde desta segunda-feira (11). A vítima foi identificada como Karine Conceição Silva, 26 anos. Ela estava deitada na cama. Após o crime, o marido dela, Rivaldo Borges Valadares, de 24, tirou a própria vida.

Segundo levantamentos da polícia, Rivaldo matou Karine com quatro facadas no peito e em seguida se enforcou na sala da residência. Ele apresentava também perfuração no peito.

Segunda a perícia, as mortes ocorreram por volta das 21h deste domingo (10), pois os corpos já estavam com rigidez cadavérica.

Carta

A equipe de investigação encontrou na casa uma carta que Rivaldo escreveu antes de cometer o assassinato pedindo perdão aos familiares. Além disso, na parede do quarto ele escreveu com sangue da vítima: “Me perdoa”. A arma utilizada no crime também foi encontrada no local.

De acordo com vizinhos, constantemente o casal brigava, mas logo em seguida fazia as pazes. Rivaldo Borges trabalhava numa serralheria na Folha 28, na Nova Marabá.

Os corpos foram removidos para o Instituto Médico Legal (IML) de Marabá, onde passariam por necropsia. A Divisão de Homicídios da Polícia Civil investiga o caso.

Por DOL

Read More

Leave Your Comments

Your email address will not be published.

Copyright 2011-2021. All Rights Reserved