O lugar secreto da alegria

Estamos em abril, depois maio, daqui a pouco tem carnaval por terras brasileiras, calendário estranho. Muitos pensam ser a garantia de alguns dias de alegria, expectativa ingênua. São coisas da pandemia, pra abafar tragédias de cada dia, inventa-se um carnaval fora de época pra chamar de alegria.

Em resumo, a festa da carne é apenas isto, festa da carne, e olhe lá. Alegria fala de um completo estado de satisfação, um sentimento que envolve corpo e alma, portanto uma experiência de ser, que não se dissolve numa quarta-feira de cinzas qualquer. Precisamos de alegria e, se não será nas propostas que o mundo oferece, onde a encontraremos? Onde ela se esconde?

Os baús e caixas que cada família separou pra guardar suas alegrias estão cansados de permanecerem vazios, como escreveu Machado de Assis: “Não há alegria pública que valha uma boa alegria particular”. Opa! Aqui está uma boa pista para descobrirmos o lugar secreto da alegria, “uma boa alegria particular”!

Alegrias públicas, como a metáfora da Covid nos ensinou tão bem, dependem de máscaras. Socialmente a maioria depende de máscaras para fingir alegria, coisas como “sorrisos amarelos”, “tapinhas nas costas”, “é um prazer estar aqui…(spn)”, enfim, os muitos tipos e possibilidades de alegrias públicas se dissolvem como fumaça, passa, evapora, acaba rapidamente.

Mas Machado de Assis nos chama a atenção para a alegria particular. Aquela na qual se é alegre “porque sim”! Lembra desta resposta dos tempos de criança? “Por que? Porque sim!”. E bastava, todo mundo entendia. Ou seja, no particular ninguém está preocupado em impressionar, em causar, em como a foto sai no insta. No particular vivemos alegrias perenes, profundas, verdadeiras.

A bíblia dá alguma dica? Dá. Esta: “Mas, quando você orar, vá para seu quarto, feche a porta e ore a seu Pai, que está em secreto. Então seu Pai, que vê em secreto, o recompensará.” Mateus 6:6. A expressão “vá para o seu quarto” indica nossa casa, nosso lugar de intimidade, nosso cantinho secreto.

Feche então a porta e fale diretamente com o Pai. Em secreto no seu lugar secreto. Fale tudo. Fale da sua vida, sonhos, dores, desejos, expectativas, erros, falhas, virtudes, conquistas. Fale sobre tudo. Fale sem medo. Seu Pai não vai zombar de você e nem te ridicularizar. Ele te ama e te respeita, Ele, enfim, vê em secreto.

O texto termina dizendo que teu Pai te recompensará. Você tem noção do que é isso? Se errei, Ele me recompensa com disciplinas que me levantam, me curam, me restauram, pode doer, e vai, mas me coloca em pé novamente. Se acertei, bênçãos, promessas, favores imerecidos diretos do céu. Se isso não é alegria então já não sei o que poderia ser.

Pare de procurar por alegria em lugares, coisas e pessoas que apenas te iludem e te frustram. Vá para o seu lugar secreto e confie. O nosso Pai continua vendo nossos lugares secretos, o quarto, o coração, os pensamentos. E continua recompensando a cada filho seu com uma alegria que somente Ele dá, verdadeira e duradoura.

Edmilson Ferreira Mendes é escritor, pastor, teólogo, observador da vida.

* O conteúdo do texto acima é uma colaboração voluntária, de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Paciência não combina com atalhos

Read More

Leave Your Comments

Your email address will not be published.

Copyright 2011-2021. All Rights Reserved